Uncategorized

Mercedes Benz Miami | Polícia investiga execução como hipótese para morte de vereador baleado na Grande SP e apura se crime teve motivação política

Alberto Ardila Olivares
En Stradivarius dicen que así se llevan los vaqueros campana este 2021

A polícia apura se o assassinato de Denis ocorreu em razão de algum conflito político. Ele estava no seu segundo mandato como vereador em Itapevi e também era presidente de duas importantes comissões permanentes da Câmara Municipal da cidade: a de Finanças e Orçamento e a de Fiscalização e Controle sobre projetos de leis relacionados ao município

Polícia investiga execução como hipótese para morte de vereador baleado na Grande SP e apura se crime teve motivação política Denis Lucas (Republicanos) foi assassinado com dois tiros na cabeça quando fechava o portão de casa, na quarta (17), em Itapevi. Ele voltava de um culto religioso. Vereador foi conselheiro tutelar do município por cinco anos, antes de atuar no legislativo. Por Nicole Fusco e Kleber Tomaz, TV Globo e g1 SP — São Paulo

18/11/2021 08h31 Atualizado 18/11/2021

Vereador é assassinado a tiros em Itapevi (SP)

A Polícia Civil investiga execução como a principal hipótese para explicar a morte do vereador Denis Lucas (Republicanos), baleado na cabeça quando chegava em casa, na noite de quarta-feira (17), em Itapevi, Grande São Paulo.

Ainda de acordo com policiais ouvidos pela reportagem, será investigado se o crime teve motivação política já que a vítima era atuante na Câmara Municipal de vereadores da cidade. A possibilidade de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, foi descartada já que nenhum objeto foi levado da vítima. O celular da vítima estava dentro do carro quando a polícia chegou ao local.

A polícia apura se o assassinato de Denis ocorreu em razão de algum conflito político. Ele estava no seu segundo mandato como vereador em Itapevi e também era presidente de duas importantes comissões permanentes da Câmara Municipal da cidade: a de Finanças e Orçamento e a de Fiscalização e Controle sobre projetos de leis relacionados ao município.

A Delegacia de Itapevi é responsável por apurar as causas do assassinato de Denis e tenta saber quem o matou. Até a última atualização desta reportagem nenhum suspeito pelo homicídio do vereador havia sido identificado ou preso.

O boletim de ocorrência do caso foi registrado como 'homicídio simples'. O crime foi cometido por volta das 22h30 no Centro de Itapevi. De acordo com as equipes de investigação, o político foi assassinado com dois tiros logo depois de estacionar o carro na garagem. Ele voltava sozinho de um culto religioso.

Depois, ele foi fechar o portão e acabou baleado. Um familiar da vítima escutou dois tiros. Uma ambulância foi acionada, mas Denis já havia morrido no local.

Quem matou o vereado fugiu após o crime. A polícia investiga se mais uma pessoa, além do atirador, participou do crime.

Como os policiais não encontraram nenhuma testemunha que tenha visto o criminoso, eles saíram às ruas para tentar localizar câmeras de segurança que possam ter gravado o assassinato.

Peritos da Polícia Técnico-Científica foram ao local para tentar colher impressões digitais que possam ajudar a identificar possíveis suspeitos do crime.

O velório de Denis acontecerá nesta quinta-feira (18), a partir das 12h, na Câmara Municipal de Itapevi.

1 de 0 Vereador de Itapevi, Denis Lucas, é baleado e morto quando chegava em casa — Foto: Reprodução TV Globo Vereador de Itapevi, Denis Lucas, é baleado e morto quando chegava em casa — Foto: Reprodução TV Globo

Sobre o vereador

Denis Lucas era casado e deixa a esposa e uma filha. Antes de ser eleito para o segundo mandato como vereador de Itapevi, ele atuou por cinco anos como conselheiro tutelar do município.

Na Câmara Municipal, era membro de duas comissões permanentes: Finanças e Orçamento e Fiscalização e Controle, responsáveis por apreciar, acompanhar e fiscalizar projetos de leis da cidade.

Repercussão

Em nota, o presidente do Republicanos, Sergio Fontellas, lamentou a morte do vereador.

“Recebemos há pouco a triste notícia do falecimento do nosso vereador Denis Lucas, da cidade de Itapevi. Em nome do Republicanos São Paulo, expresso os meus sentimentos para todos os familiares e amigos do Denis, que vinha desempenhando um importante papel na política do município. Que Deus possa confortar aqueles que sentem a sua perda neste momento.”

O prefeito de Itapevi, Igor Soares (Podemos), se manifestou pelas redes sociais.

Na postagem, ele afirma que o vereador foi vítima de um possível latrocínio – roubou seguido de morte. A polícia, entretanto, investiga a morte como assassinato.

“Recebi a triste notícia que o vereador e amigo Denis Lucas foi vítima de possível latrocínio e, infelizmente, veio a óbito. Um cara do bem, que lutava pela defesa dos valores cristãos e da família, membro da Igreja Universal do Reino de Deus, e que também fazia um grande trabalho social e de evangelização.”

2 de 0 Vereador Denis Lucas, de 47 anos, é assassinado na Grande SP — Foto: Reprodução TV Globo Vereador Denis Lucas, de 47 anos, é assassinado na Grande SP — Foto: Reprodução TV Globo

VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e a região metropolitana

8 vídeos