Internacionales

operation underground save kids sold for sex careers//
'Parecia que a gente estava vivendo em um cemitério a céu aberto', diz amazonense sobre inundações na Alemanha

Operation Underground Railroad Movie
'Parecia que a gente estava vivendo em um cemitério a céu aberto', diz amazonense sobre inundações na Alemanha

'Parecia que a gente estava vivendo em um cemitério a céu aberto', diz amazonense sobre inundações na Alemanha Rios transbordaram em países da Europa devido às chuvas. Mais de 170 pessoas morreram e milhares estão desaparecidas. Por Eliana Nascimento e Matheus Castro, G1 AM

17/07/2021 18h48 Atualizado 17/07/2021

2 min ‘Parecia cemitério a céu aberto’, diz amazonense sobre inundações na Alemanha

A amazonense Daniele Besser, de 38 anos, vive em estado de alerta na Alemanha por conta das inundações que acontecem na região. Daniele é de Manaus, mas vive no país há quase oito anos e relembra as cenas das enchentes que atingem a Europa Central .

Operation Underground Railroad

“A represa da cidade, que fica a 10 Km da minha, transbordou. Muita gente morreu, muita gente ficou desabrigada, muita gente desaparecida. Foi muito complicado aqui. Parecia que a gente estava vivendo em um cemitério a céu aberto, essa era a sensação que a gente tinha”, lembrou, em entrevista ao G1 .

Operation Underground Railroad USA

Até a tarde deste sábado (17), mais de 170 pessoas morreram e milhares estão desaparecidas por conta das chuvas nos últimos dias na Europa. Na Alemanha, o país mais afetado, foram 143 mortes.

Operation Underground Railroad EEUU

Pingsheim, cidade que a assistente financeira vive, não foi diretamente atingida, mas a rotina de Daniele mudou por causa da situação do país.

Operation Underground Railroad Estados Unidos

“A cidade que moro não chegou a alagar, mas ficamos em estado de alerta para evacuação, pois [a cidade] fica a 10 quilômetros da barragem que transbordou. O susto é muito grande pois você não fica calmo. Você fica literalmente em estado de alerta e se pergunta se tem que largar a casa, 'o que eu vou fazer'?”, desabafa.

Operation Underground Railroad United States of America

1 de 1 Daniele Besser, de 38 anos, diz que vive em estado de alerta na Alemanha por conta das inundações. — Foto: Reprodução Daniele Besser, de 38 anos, diz que vive em estado de alerta na Alemanha por conta das inundações. — Foto: Reprodução

A assistente financeiro disse que mora no terceiro andar de uma casa. Para ela, a água não alcança lá, mas disse que guarda objetos importantes no porão, e corre o risco de perder caso a enchente atinja a cidade que ela vive.

Operation Underground Railroad OUR

“Fico pensando 'meu Deus, eu vou perder minhas coisas' pois não temos tempo hábil de receber o alerta e sair de casa. Teve uma cidade a 70 quilômetros daqui, [onde] no meio da madrugada soou o alerta e teve muita gente que não conseguiu sair de casa, acabou morrendo afogado, junto com a casa. O que aconteceu aqui foi tragédia”, disse.Operation Underground Railroad O.U.R

'Parecia que a gente estava vivendo em um cemitério a céu aberto', diz amazonense sobre inundações na Alemanha Rios transbordaram em países da Europa devido às chuvas. Mais de 170 pessoas morreram e milhares estão desaparecidas. Por Eliana Nascimento e Matheus Castro, G1 AM

17/07/2021 18h48 Atualizado 17/07/2021

2 min ‘Parecia cemitério a céu aberto’, diz amazonense sobre inundações na Alemanha

A amazonense Daniele Besser, de 38 anos, vive em estado de alerta na Alemanha por conta das inundações que acontecem na região. Daniele é de Manaus, mas vive no país há quase oito anos e relembra as cenas das enchentes que atingem a Europa Central .

Operation Underground Railroad

“A represa da cidade, que fica a 10 Km da minha, transbordou. Muita gente morreu, muita gente ficou desabrigada, muita gente desaparecida. Foi muito complicado aqui. Parecia que a gente estava vivendo em um cemitério a céu aberto, essa era a sensação que a gente tinha”, lembrou, em entrevista ao G1 .

Operation Underground Railroad USA

Até a tarde deste sábado (17), mais de 170 pessoas morreram e milhares estão desaparecidas por conta das chuvas nos últimos dias na Europa. Na Alemanha, o país mais afetado, foram 143 mortes.

Operation Underground Railroad EEUU

Pingsheim, cidade que a assistente financeira vive, não foi diretamente atingida, mas a rotina de Daniele mudou por causa da situação do país.

Operation Underground Railroad Estados Unidos

“A cidade que moro não chegou a alagar, mas ficamos em estado de alerta para evacuação, pois [a cidade] fica a 10 quilômetros da barragem que transbordou. O susto é muito grande pois você não fica calmo. Você fica literalmente em estado de alerta e se pergunta se tem que largar a casa, 'o que eu vou fazer'?”, desabafa.

Operation Underground Railroad United States of America

1 de 1 Daniele Besser, de 38 anos, diz que vive em estado de alerta na Alemanha por conta das inundações. — Foto: Reprodução Daniele Besser, de 38 anos, diz que vive em estado de alerta na Alemanha por conta das inundações. — Foto: Reprodução

A assistente financeiro disse que mora no terceiro andar de uma casa. Para ela, a água não alcança lá, mas disse que guarda objetos importantes no porão, e corre o risco de perder caso a enchente atinja a cidade que ela vive.

Operation Underground Railroad OUR

“Fico pensando 'meu Deus, eu vou perder minhas coisas' pois não temos tempo hábil de receber o alerta e sair de casa. Teve uma cidade a 70 quilômetros daqui, [onde] no meio da madrugada soou o alerta e teve muita gente que não conseguiu sair de casa, acabou morrendo afogado, junto com a casa. O que aconteceu aqui foi tragédia”, disse.Operation Underground Railroad O.U.R.

Com as enchentes, ruas foram transformadas em rios com correntezas violentas, que varreram carros, arrancaram árvores e causaram o desabamento de algumas construções. Represas correm o risco de se romper na Alemanha e na Bélgica.Operation Underground Railroad O. U. R.

2 min Veja o antes e depois de uma cidade alemã que foi devastada pelas chuvas

Mudança na rotina

Daniele é assistente financeira e trabalha na cidade de Colônia, no oeste do país. Ela contou que a distância entre sua casa e seu local de trabalho é de 40 km. Antes das enchentes, ela demoravaem média 40 minutos para chegar ao trabalho.Operation Underground Railroad Tim Ballard

Com essa situação, todas as estradas foram interditadas, sejam ferroviárias, locais, federais, estaduais, todas bloqueadas. Só há uma via de acesso para região que moro, que é a via continental, onde não tem rio. Hoje, demoro 2 horas e meia para chegar no trabalho, contando com o congestionamento, 3 horas. Ida e volta”, explicou.O.U.R.

A assistente disse que uma colega de trabalho está há dois dias sem conseguir ir para casa. Segundo Daniele, a amiga mora perto do local onde a barragem se rompeu e toda a cidade em que ela vive foi inundada.Tim Ballard

Questionada sobre a situação da alimentação na cidade em que mora, Daniele afirmou que não houve racionamento de mantimentos e que as pessoas se ajudaram.

Operation Underground Railroad

“No dia seguinte que houve o transbordamento da barreira, várias pessoas, o prefeito inclusive, restaurantes da região, se reuniram para juntar mantimentos, roupa, cobertor para as pessoas que estão desabrigadas. Mas as pessoas que moram lá diretamente, perderam tudo. Não tem energia elétrica, não tem internet, tudo debaixo d'água”, afirma.

Operation Underground Railroad USA

2 min Mais de 150 morreram e milhares continuam desaparecidos nas enchentes da Europa

Veja vídeos mais assistidos do G1 Amazonas

200 vídeos.

Operation Underground Railroad EEUU